Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 23 de agosto de 2006


10ª – Esnobada de Rainn Wilson


The Office é a comédia do ano e Steve Carell é o cara. Felizmente o Emmy soube reconhecer isso. Mas porque não indicar aquele que provavelmente propicia o maior número de risadas na série? Só o desempenho dele em Dwight’s Speach já lhe valeria o prêmio uns 5 anos.

9ª – Esnobada de Tichina Arnold


Sou meio suspeito pra falar de Arnold. Basicamente, a personagem dela é uma versão negra da minha própria mãe. O talento que ela tem ao não deixar a personagem não cair na caricatura é notável.

8ª – Esnobada de Prison Break e Peter Stormare


A melhor série nova da temporada 2005-2006. Ponto. E dentre o elenco, Stormare tem mais do que condições para ser indicado. Assista Odd Man Out e você já saberá do que estou falando. Ou alguém acha que interpretar um psicopata religioso (!) é fácil?

7ª – Esnobada de My Name is Earl e Jason Lee


My Name is Earl prestou um grande serviço às comédias, ao mostrar que, para se fazer humor, você não precisa estar num estúdio fechado. As liberdades criativas que o formato de Earl oferece são aproveitadas ao máximo. Narrativa cortada, com uso constante de flashbacks. Todo com um único objetivo: fazer rir. E Lee é um símbolo disso. Sua simpatia ajuda a promover o show.

6ª – Esnobada de Lost e Terry O’Quinn


O mais complexo estudo de personagens já feito em uma série de televisão. Sem falar nos mistérios…E nenhum personagem representa tão bem as duas facetas da série como John Locke, brilhantemente interpretado por O’Quinn.

5ª – Esnobada de Battlestar Galactica


“Série de navinha”? Quem disse que Galactica se resume a isso? As batalhas espaciais e as explosões estão lá. Mas tudo a serviço da história, que trata de valores universais. O próprio Emmy já indicou séries sci-fi durante os Anos 90. É hora de reverter novamente essa condição…

4ª – Esnobada de Kristen Bell

Esse trailer diz tudo. Tem como não amar ela?

3ª – Esnobada de Felicity Huffman e Marcia Cross


Se Desperate Housewives não fez o suficiente para merecer uma indicação, o resto não vale para suas duas protagonistas mais ilustres. Huffman, que consegue extrair toda emoção e humor possível de uma working mom. O caso de Cross é mais complicado, pois sua personagem é muito mais dramática, trágica até. Mas nada que justifique sua esnobada.

2ª – Esnobada de Hugh Laurie


Simplesmente deixaram Deus de fora.

1ª – Indicação de Ellen Burstyn


Não vi o telefilme. Mas precisa? Burstyn foi indicada por uma aparição de 14 segundos. Eu disse S-E-G-U-N-D-O-S. Pra ter uma idéia, ela é creditada como Ex-Lover #3. Tem como acreditar numa coisa desas?

Anúncios

Read Full Post »