Feeds:
Posts
Comentários

Archive for dezembro \31\UTC 2006

E mais um ano chega ao fim. E esse humilde blog fará sua premiação própria de cinema. No caso, filmes lançados originalmente no Brasil em 2006, seja na tela grande ou nas locadoras (sim, porque se obras de cineastas como Joss Whedon e Rian Johnson não são exibidos nos cinemas, existe algo de MUITO errado com as distribuidoras nacionais).

A minha lista virá acompanhada com as notas. Apesar de ser meio auto-explicativo, vou traduzir o que elas significam:

5/5 – Obra-prima
4,5/5 – Excepcional

4/5 – Muito bom

3,5/5 – Bom
3/5 – Legalzinho
2,5/5 – Ruim

2/5 – Muito Ruim

1,5/5 – Muito, muito ruim

1/5 – Quero meu dinheiro de volta

0,5/5 – Vai tomar no cú

Em geral, eu costumo ser “bondoso” com as notas, há muito mais filmes acima da média do que abaixo. Isso acontece principalmente pelo fato de eu evitar o dito cinema-porcaria. Ou alguém aqui foi ver O Pequenino depois de saber que é do mesmo diretor de As Branquelas?

E vamos a lista (não coloquei nome dos diretores nem nada, mas no link ali à direita, tem a listagem de todos os filmes que vi no ano, ela posseui mais detalhes):


01. Munique (5/5)

02. A Ponta de Um Crime
03. Match Point (4,5/5)
04. O Segredo de Brokeback Mountain
05. Boa Noite e Boa Sorte
06. O Plano Perfeito
07. Os Infiltrados
08. Filhos da Esperança
09. Volver
10. Serenity – A Luta Pelo Amanhã

11. A Última Noite
12. V de Vingança
13. Uma Verdade Inconveniente
14. Caché
15. Eu, Você e Todos Nós
16. Três Enterros
17. Piratas do Caribe 2: O Baú da Morte
18. Superman – O Retorno
19. Happy Feet – O Pinguim
20. O Homem-Urso

21. A Marcha dos Pingüins
22. 007 – Cassino Royale
23. A Criança
24. Carros (4/5)
25. Soldado Anônimo
26. Pequena Miss Sunshine
27. A Dália Negra
28. A Lula e a Baleia
29. A Loucura de Mary Juana
30. Orgulho e Preconceito

31. Vôo United 93
32. O Novo Mundo
33. Capote
34. A Casa Monstro
35. Missão Impossível 3
36. Os Sem-Floresta
37. O Sol de Cada Manhã
38. Wolf Creek
39. Vale Proibido
40. A Era do Gelo 2

41. Transamerica
42. Syriana (3,5/5)
43. Miami Vice
44. Last Days
45. O Matador
46. Obrigado Por Fumar
47. A Dama Na Água
48. O Diabo Veste Prada
49. Ritmo de Um Sonho
50. X-Men: O Confronto Final

51. Garota da Vitrine
52. Final Fantasy 7: Advent Childrem
53. Menina Má.com
54. Terror em Silent Hill
55. Johnny e June
56. Serpentes a Bordo
57. A Máquina
58. As Loucuras de Dick e Jane
59. 16 Quadras
60. Paradise Now

61. O Código da Vinci (3/5)
62. Sentinela
63. Tudo em Família
64. Memórias de Uma Gueixa (2,5/5)
65. A Pantera Cor-de-Rosa
66. Pulse
67. O Albergue
68. As Torres Gêmeas
69. Dizem Por Aí…
70. Doom – A Porta do Inferno

71. A Névoa (2/5)
72. No Rastro da Bala (1,5/5)
73. BloodRayne (1/5)

Outros prêmios:

Melhor Diretor: Alfonso Cuarón (Filhos da Esperança) – O que são aqueles planos-sequência? Puta merda.

Melhor Diretor Estreante: Rian Johnson (A Ponta de Um Crime) – o cara fez um noir-colegial, e ainda dirigiu algumas das melhores cenas do ano. Esse é dele.

Melhor Roteirista: George Clooney (Boa Noite e Boa Sorte) – eu aturo quantas sequências estúpidas de 11 Homens e Um Segredo forem necessárias, se ele continuar fazendo filmes como GNGL com os dividendos.

Melhor Ator: Philip Seymour Hoffman (Capote) – ele é o cara, etc.

Melhor Atriz: Felicity Huffman (Transamerica) – só a coragem dela de fazer um papel como esse, enquanto poderia ficar sentada em casa aproveitando seus milhõezinhos já justifica a minha escolha.

Melhor Ator Coadjuvante: Jack Nicholson (Os Infiltrados) – conseguiu transformar assassinato em escala em algo divertido. Só ele mesmo…

Melhor Atriz Coadjuvante: Carmen Maura (Volver) – Penelope Cruz pode até ter o papel da vida dela no filme mais recente de Almodóvar, mas quem brilha é Maura.

Melhor Personagem Cômico: Ramón; de Happy Feet (Robin Williams; Guilherme Briggs na dublagem brasileira) – ninguém me fez rir mais numa sala de cinema em 2006 como ele.

Melhor Frase: “I have had it with these motherfucking snakes on this motherfucking plane!” (Samuel L. Jackson em Serpentes à Bordo) – provavelmente uma das escolhas mais óbvias dessa lista. Mas não tem como não rachar o bico com uma pérola dessas, principalmente quando se sabe todas as circunstâncias envolvidas na inclusão dela no filme.

Melhor Cena de Ação: empate entre a aterrisagem forçada do avião em Superman – O Retorno e a do carrossel em Pirates do Caribe – O Baú da Morte. Esses dois filmes souberam como usar seus generosos orçamentos.

Troféu “A Gostosa”: Scarlett Johansson (aka Srta. Ereção; de Match Point) – precisa explicar?

Troféu “Chutador de Traseiros”: Daniel Craig (de 007 – Cassino Royale) – provavelmente a encarnação definitiva de James Bond. E olha que eu gosto de todos os intérpretes do personagem, incluindo Pierce Brosnam. O problema foi que os filmes dele não ajudavam…

Melhores Filmes do Ano Que Eu Ainda Não Vi:

2046 (Wong Kar-Wai)
O Crocodilo (Nanni Moretti)
Time (Kim Ki-Duk)
O Sabor da Melancia (Tsai Ming-liang)
A Fonte da Vida (Darren Aronofsky)
O Ano em que Meus Pais Saíram de Ferias (Cao Hamburger)
O Grande Truque (Christopher Nolan)
O Labirinto do Fauno (Guillermo del Toro)
Céu de Suely (Karim Ainouz)
Os Amantes Constantes (Philippe Garrel)

É isso. Feliz 2007 pra todo mundo! (se bem que devo postar mais alguma coisa antes da virada, mas xapralá).

Anúncios

Read Full Post »

Er…

E 2 + 2 = 4

Read Full Post »


Série Comédia

The Office
My Name is Earl
Two and a Half Men
Ugly Betty
Weeds
(Desperate Housewives)

Não consigo imaginar mais do que duas séries do bloco “quintal” da NBC concorrendo. Mas as duas com maiores chances entram direto como favoritas. Ainda temos Men da CBS (que eu pessoalmente trocaria por Chirstine sem pensar duas vezes), representante das sitcoms clássicas. A relação se fecha com Weeds, comédia de TV à Cabo (CYU é inelegível) e Ugly Betty, novo xodó da crítica. Na primeira reserva, Desperate Housewives e sua (dita) ressureição criativa.

Ator Comédia

Jason Lee – My Name is Earl
Steve Carell – The Office
Alec Baldwin – 30 Rock
Tony Shalhoub – Monk
Charlie Sheen – Two anf a Half Men
(Zach Braff – Scrubs)

Aqui o Globo de Ouro acertou praticamente em cheio. Os quatro protagonistas da NBC são nomes fortíssimos, assim como Mr. Monk. Mas ainda acho que darão uma vaguinha para Sheen, o que colocaria Zach Braff na suplência.

Atriz Comédia

Julia Louis-Dreyfus – The New Adventures of Old Christine
Mary-Louise Parker – Weeds
Marcia Cross – Desperate Housewives
Felicity Huffman – Desperate Housewives
Allison Janney – TBA
(America Ferrera – Ugly Betty)

Eu não consigo imaginar uma esnobada das Housewives como aconteceu no ano passado, até porque todas a relação do ano passado (com exceção de Dreyfus) já saíram do ar. Minha aposta mais arriscada fica por conta de Allison Janney e sua sitcom que ainda não tem previsão de estréia na CBS. Faço isso por (i) ela ser a Allison Janney e (ii) o Emmy amar ela. Se bem que o segundo motivo deve estar relacionado ao primeiro…

Ator Coadjuvante Comédia

Ethan Suplee – My Name is Earl
John Krasinski – The Office
Rainn Wilson – The Office
Jeremy Piven – Entourage
Jon Cryer – Two and a Half Men
(Justin Kirk – Weeds)

Três novas vagas se abrem no próximo ano, já que Arnett, Cranston e Hayes não são mais elegíveis. Coloquei os nomes dos substitutos mais óbvios. E a vaga extra por enquanto fica pra Justin Kirk, que conseguiu ser indicado ao Globo de Ouro, mesmo com todos os tipos de coadjuvantes sendo colocados no mesmo balaio (dramas, comédias, minisséries e telefilmes).

Atriz Coadjuvante Comédia

Elisabeth Perkins – Weeds
Jaime Pressly – My Name is Earl
Jenna Fischer – The Office
Vanessa Williams – Ugly Betty
Nicollette Sheridan – Desperate Housewives
(Holland Taylor – Two and a Half Men)

Aqui também se abriram três vaga. Só restaram Perkins e Pressly do ano passado. Minhas apostas: Fischer, finalmente sendo indicado por The Office; Sheridan, com situação idêntica por Desperate Housewives; e Vanessa Williams, que teve a carreira ressuscitada com Ugly Betty.

Read Full Post »


Série Drama

Studio 60 On The Sunset Strip
24 Horas
Grey’s Anatomy
The Sopranos
House
(Lost)

Sai uma série de Sorkin e entra outra. Não consigo imaginar outra relação. Caso Lost volte com tudo em fevereiro, pode beliscar uma vaguinha.

Ator Drama

Kiefer Sutherland – 24 Horas
Michael C. Hall – Dexter
Hugh Laurie – House
James Gandolfini – The Sopranos
Ian MacShane – Deadwood
(Matthew Perry – Studio 60 On The Sunset Strip)

Provavelmente a categoria mais complicada de todas. Estou contando com o retorno de Laurie e Gandolfini. E se Azaria (de quem eu gosto muito) conseguiu entrar, Hall é baba. E da-lhe screeners!

Atriz Drama

Kyra Sedgwick – The Closer
Edie Falco – The Sopranos
Mariska Hargitay – Law and Order: SVU
Ellen Pompeo – Grey’s Anatomy
Patricia Arquette – Medium
(Calista Flockhart – Brothers and Sisters)

Dói muito colocar a Pompeo na lista. Até existe um burburinho sobre mover a Oh para a categoria. Eu apóio. Qual outro nome poderia entrar nessa relação? Polly Walker? A HBO deve dar prioridade à Sopranos e Big Love. Kristen Bell? Só se fosse em um universo sorkiniano…

Ator Coadjuvante Drama

William Shatner – Boston Legal
Michael Imperioli – The Sopranos
Steven Weber – Studio 60 On The Sunset Strip
T.R. Knight – Grey’s Anatomy
Michael Emerson – Lost
(Masi Oka – Heroes)

Essa é dificílima também. Como esse ano não tem Itzin, Platt e Alda, foram abertas pelo menos três vagas. Knight entra porque creio que Grey’s entrará com tudo na próxima disputa. Weber é o coadjuvante masculino mais proeminente de Studio 60 e Michael Emerson já tem até Emmy. E a candidatura de Oka ganhou força com sua indicação ao Globo de Ouro.

Atriz Coadjuvante Drama

Sandra Oh – Grey’s Anatomy
Chandra Wilson – Grey’s anatomy
Candice Bergen – Boston Legal
Sarah Paulson – Studio 60 On The Sunset Strip
Sally Field – Brothers and Sisters
(Amanda Peet – Studio 60 On The Sunset Strip)

Não listei Walsh por não acreditar que indicariam três coadjuvantes de Grey’s. Mas caso movam Oh para protagonista, essa vaga já tem dona. Paulson entra por ser a coajuv…

E Sally Field tem até Oscar. So…

Read Full Post »

Arquivo-X, A Saga

Estou ensaindo um retorno à série (assiste os 10 primeiros no começo do ano) . Mas assistir todos os episódios é uma tarefa hercúlea. Então fiz o seguinte: peguei todos os episódios sobre a conspiração adicionei alguns episódios incados/vencedores de prêmios (Emmy, DGA e WGA), além de alguns outros preferidos dos fãs (leia-se: revista do Vidoni). Aqui vai a lista preliminar. Alguém tem alguma sugestão?

# Season 1:

1×01 Pilot,
1×02 Deep Throat,
1×04 Conduit,
1×10 Fallen Angel (até aqui eu já assisti)
1×11 Eve
1×13 Beyond The Sea
1×17 E.B.E.,
1×20 Darkness Falls
1×21 Tooms,
1×24 The Erlenmeyer Flask

# Season 2:

2×01 Little Green Men,
2×02 The Host
2×04 Sleepless,
2×05 Duane Barry,
2×06 Ascension,
2×08 One Breath,
2×10 Red Museum,
2×12 Aubrey
2×13 Irresistible
2×14 Die Hand Die Verletzt
2×15 Flesh Bones
2×16 Colony,
2×17 End Game,
2×19 Dod Kalm
2×20 Humbug,
2×21 The Calasari
2×22 F. Emasculata
2×25 Anasazi,

# Season 3:

3×01 The Blessing Way,
3×02 Paper Clip,
3×04 Clyde Bruckman’s Final Repose,
3×05 The List,
3×07 The Walk
3×08 Oubliette
3×09 Nisei,
3×10 731,
3×11 Revelations
3×12 War of the Coprophages
3×13 Syzygy
3×14 Grotesque
3×15 Piper Maru,
3×16 Apocrypha,
3×17 Pusher
3×20 Jose Chung’s “From Outer Space
3×21 Avatar,
3×22 Quagmire
3×23 Wetwired,
3×24 Talitha Cumi

# Season 4:

4×01 Herrenvolk,
4×02 Unruhe
4×03 Home
4×05 The Field Where I Died
4×07 Musings of a Cigarette Smoking Man,
4×08 Tunguska,
4×09 Terma,
4×10 Paper Hearts *
4×12 Leonard Betts
4×14 Memento Mori,
4×17 Tempus Fugit,
4×18 Max,
4×20 Small Potatoes
4×21 Zero Sum,
4×22 Elegy
4×23 Demons,
4×24 Gethsemane

# Season 5:

5×01 Redux,
5×02 Redux II,
5×03 The Unusual Suspect
5×05 The Post-Modern Prometheus,
5×06 Christmas Carol,
5×07 Emily,
5×10 Chinga
5×12 Bad Blood
5×13 Patient X,
5×14 The Red and the Black,
5×20 The End.

ARQUIVO-X – O FILME

# Season 6:

6×01 The Beginning,
6×03 Triangle
6×04 Dreamland
6×05 Dreamland II
6×08 How the Ghosts Stole the Christmas
6×09 S.R. 819,
6×10 Tithonus
6×11 Two Fathers,
6×12 One Son,
6×18 Milagro,
6×20 The Unnatural
6×22 Biogenesis

# Season 7:

7×01 The Sixth Extinction,
7×02 The Sixth Extinction II: Amor Fati,
7×03 Hungry
7×10 Sein und Zeit,
7×11 Closure,
7×12 X-Cops
7×15 En Ami,
7×17 all thing
7×21 Je Souhaite
7×22 Requiem

# Season 8:

8×01 Within,
8×02 Without,
8×03 Redrum,
8×07 Via Negativa
8×11 The Gift
8×13 Per Manum,
8×14 This is Not Happening,
8×15 Deadalive,
8×16 Three Words,
8×17 Empedocles
8×18 Vienen,
8×20 Essence,
8×21 Existence

# Season 9:

9×01 Nothing Important Happened Today,
9×02 Nothing Important Happened Today II,
9×05 4-D,
9×06 Trust No 1,
9×09 Provenance,
9×10 Providence,
9×14 Improbable
9×15 Jump the Shark
9×16 William,
9×17 Release
9×19 The Truth I
9×20 The Truth II

Read Full Post »


Texto originalmente publicado no Teleséries.

He is back, babe. Aaron Sorkin, midas da televisão americana, está com série nova no pedaço. Studio 60 On The Sunset Strip já tem a produção da primeira temporada completa confirmada e estréia por aqui em 2007.

Pra quem não conhece o trabalho de Sorkin, ele é um dos showrunners mais autorais da TV. Suas séries possuem personagens complexos, diálogos rápidos e humor do mais fino e inteligente, além de ser muito referencial (e auto-referencial). Seus universos são sempre ideais, e não reais. Explico: seus personagens são sempre mais trabalhadores, honestos e inteligentes que suas contrapartes reais.

Sorkin também anda na contramão da indústria. Depois de roteirizar dois filmes de grande sucesso de crítica – Questão de Honra e Meu Querido Presidente – decidiu que seu próximo projeto, sobre um telejornal esportivo, seria melhor aproveitado na televisão. É a origem de Sports Night, dramédia que catapultou as carreiras de Felicity Huffman (Desperate Housewives) e Peter Krause (A Sete Palmos). A série só durou duas temporadas. Depois de cancelada pela ABC, Sorkin recebeu diversas ofertas de outros canais para continuá-la. Mas ele preferiu se dedicar em tempo integral à próximo projeto.

Utilizando-se de diversos de diversos plots, partes do elenco e até mesmo dos cenários de Meu Querido Presidente, Sorkin criou sua obra prima: The West Wing, onde passamos a conhecer os bastidores da Casa Branca (usando o trocadilho do SBT). Depois de quatro temporadas (e quatro Emmys de melhor série – seguidos!), diferenças criativas fizeram com que ele fosse demitido da série pela NBC.

Três anos depois do roteiro dele ir ao ar (Twenty Four, a brilhante season finale da quarta temporada de West Wing), ele está de volta, mais em forma do que nunca. Studio 60, pra quem ainda não sabe, mostra os bastidores de um programa de comédia no estilo do Saturday Night Live. O elenco está recheado de estrelas: Matthew Perry (Friends), Bradley Whitford (The West Wing) e Amanda Peet (Jack & Jill) entre outros. Os convidados dos primeiros episódios incluem nomes de peso como Judd Hirsch (que tem um monólogo arrebatador no primeiro episódio), Christine Lahti e Eli Wallach.

O roteiro do piloto é nada menos do que espetacular. Cheio de piadas e auto-referências (os dois protagonistas são alter-egos dele). A direção de Thomas Schlamme, parceiro habitual de Sorkin não fica por menos. Ele consegue unir preciosismo estético e narrativo como nenhum outro diretor da TV atual. Ambos são nomes certos para o próximo Emmy.

Fica aí a dica: uma das séries mais quentes da nova temporada, Studio 60 On The Sunset Strip já tem estréia confirmada na Warner em 2007. Nem pense em perder.

Read Full Post »

Porque eu também posso! :p

Filme

The Departed
Letters From Iwo Jima
Dreamgirls
The Queen
Little Miss Sunshine
(Babel; Vôo 93)

Os quatro primeiros parecem razoavelmente seguros até esse momento. A vaga de Sunshine (indie do ano) vai depender de seu desempenho nas próximas premiações.

Direção

Martin Scorsese – The Departed
Clint Eastwood – Letters From Iwo Jima
Bill Condon – Dreamgirls
Stephen Frears – The Queen

Alejandro Gonzalez Inaratu – Babel
(Paul Greengrass – Vôo 93)

Sunshine é o filme “sem direção” do ano. O que abre espaço para Inaratu (ou Greengrass).

Ator

Forest Whitaker – The Last King of Scotland
Peter O”Toole – Venus
Leonardo DiCaprio – The Departed
Ryan Gosling – Half Nelson
Will Smith – The Persuit of Happiness
(Leonardo DiCaprio – The Blood Diamond)

Por enquanto, esses cinco nomes parecem certos. DiCaprio tem dois filmes na manga. O que pode ser bom ou ruim (vote split?).

Atriz

Helen Mirren – The Queen
Judi Dench – Notes on a Scandal
Meryl Streep – The Devil Wears Prada
Penelope Cruz – Volver
Cate Blanchett – The Good German

(Kate Winslet – Little Children)

Bem seguras mesmo, só as duas primeiras. Há outros nomes fortes na disputa, como Annete Bening (Running With Scissors).

Ator Coadjuvante

Eddie Murphy – Dreamgirls
Jack Nicholson – The Departed
Brad Pitt – Babel
Michael Sheen – The Queen
Paul Dano – Little Miss Sunshine
(Mark Whalberg – The Departed)

Aqui eu vou na contramão. Acho que, dentro os coadjuvantes de Sunshine, aquele com mais chances de conseguir é Paul Dano, mesmo concorrendo com atores mais celebrados como Arkin e Carell. E do fenomenal cast masculino de Departed, vou apenas com Nicholson, já que a Warner fez o favor de não fazer campanha para Baldwin e Sheen…

Atriz Coadjuvante

Cate Blanchett – Notes on a Scandal
Abigail Breslin – Little Miss Sunshine
Jennifer Hudson – Dreamgirls
Rinko Kikuchi – Babel
Emma Thompson – Stranger Than Fiction
(Carmen Maura – Volver)

Tenho a impressão de que essa lista vai mudar bastante. Maura fica de molho por não se tratar de uma atriz/filme americano, mas ela é o melhor elo do elenco de Volver.

Roteiro Original

The Queen
Letters From Iwo Jima
Little Miss Sunshine
Volver
Babel
(United 93)

Me parece que a lista está fechada…

Roteiro Adaptado

The Departed
Dreamgirls
Thank You For Smoking
Little Children
Notes On a Scandal
(The Last King of Scotland)

Idem acima. Tá, com um pouco menos de certeza.

Filme Estrangeiro

Volver (Espanha)
El Labirinto Del Fauno (México)
The Course of the Golden Flower (China)
Water (Canada)

Cinema, Aspirinas e Urubus (Brasil)

Aqui eu vou fazer parte daquele movimento bacana que acha que o filme brasileiro tem chance. Mas não tenho tantas esperanças assim.

Animação

Carros
Happy Feet – O Pingüim
A Casa Montro
Por Água Abaixo
A Era do Gelo 2
(Os Sem-Floresta)

Os três primeiros me parecem certos.

Montagem

Babel
The Departed
Letters From Iwo Jima
United 93
The Queen
(Pan’s Labirynth)

Fotografia

Dreamgirls
Apocalypto
The Black Dahlia
Letters From Iwo Jima
The Departed
(Pan’s Labirynth)

Direção de Arte

Dreamgirls
Letters From Iwo Jima
Marie-Antoinette
The Prestige
The Good German
(Pan’s Labyrinth)

Figurino

Dreamgirls
Letters From Iwo Jima
Marie-Antoinette
The Good German
The Devil Wears Prada

Maquiagem

Pirates of the Caribbean
Apocalypto
The Queen

Trilha Sonora

The Queen
Letters From Iwo jima
Babel
The Departed
Apocalypto
(Babel)

Edição de Som

Pirates of the Caribbean
Superman Returns
Apocalypto
Letters From Iwo Jima
The Departed

Som

Pirates of the Caribbean
World Trade Center
The Departed
Dreamgirls
Letters From Iwo Jima

Efeitos Visuais

Pirates of the Caribbean
Superman Returns
Letters From Iwo Jima

——————–

Quinta saem os indicados do primeiro grande prognosticador (eita palavra difícil, Fer), o Globo de Ouro. A lista pode sofrer grandes mudanças. Ou não.

Read Full Post »

Older Posts »