Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Smallville’ Category

Olhando lá atrás, lembrando da primeira vez que assisti ao piloto de Smallville, a coisa que mais me encantou foi Clark Kent, último filho de Krypton e dono de habilidades sobre-humanas, não conseguir chegar perto da menina pelo qual era apaixonado.

Qual de nós nunca sentiu essa timidez, essa incapacidade de encarar nos olhos a pessoa amada, que gaguejou e virou o rosto? Usando um colar de Kryptonita como metáfora, a série conseguiu falar muito sobre um assunto vivido por todos os adolescentes. (mais…)

Read Full Post »

Carta à Allison Mack

Querida Allison Mack,

Sou seu fã número 1. Te adoro, de verdade. Mas não sou um stalker, como aqueles que a sua personagem costumava ter na série. Mesmo se eu fosse, minha renda não me permite ir ao Canadá te conhecer melhor. Na melhor das hipóteses, uma prima minha que mora em Winnipeg pode aparecer aí em Vancouver te pedir um autógrafo, tudo bem?

Mas paremos com a puxação de saco. Você já deve imaginar o conteúdo dessa carta: a porcaria que a sua série se tornou. Você é na realidade o único motivo que me fez assitir a premiere da sétima na temporada. Creio que você já tenha recebido outras mensagens com o mesmo conteúdo. Ou não. Já que o nível de inteligência dos espectadores da série deve estar caindo ano após ano. Só alguém com neurônios a menos pra achar tamanha estupidez ‘legal’ ou ‘sensacional’, como já andei lendo por aí.

Como conseguem pisar em cima da própria mitologia que a série criou ano após ano? A Supergirl já tinha aparecido na série! Claro, não era a verdadeira. Se tratava de um truque de Jor-El. Mas a graça estava justamente aí: mais uma das criativas reviravoltas imaginadas por Alfred Gough e Miles Millar quando eles ainda se importavam com a criação deles, e não estavam roteirizando A Múmia 3 (!).

E me desculpe, mas por mais que eu me importe com a sua personagem, eu sabia que Chloe sairia numa boa*. Se tem uma coisa que aprendi com a porcaria do arco do acidente naval em Grey’s Anatomy, é que quando um dos personagens principais corre perigo de morte, ele sempre se sai bem. E através do episódio que o Tarantino dirigiu em CSI, eu descobri que pessoas trancafiadas sempre saem vivas. Espectador bem informado é assim.

E o que dizer de Lex (que nem a interpretação do seu colega Michael Rosenbaum se salvou dessa vez)? Ele virou bonzinho agora? Mas a mesma coisa não tinha acontecido com o pai dele dois anos atrás? E já que estamos falando dele. Lembra da batalha que ele teve com Clark enquanto estava possuído pelo General Zod ano passado foi sistematicamente copiada, só trocando ele por Bizarro (em que Tom Welling imita com perfeição o jeito de falar de Keanu Reeves – e isso não é um elogio). Mas pelo menos Rosenbaum é um cara esperto e vai pular fora da barca no final dessa temporada.

Pra falar a verdade, não é só ele que vai cair fora. Me despeço oficialmente da obrigação de assistir Smallville semanalmente. Exceção feita caso seja anunciado o fim da série nessa temporada. Assim terei a chance de assistir o episódio que você dirigirá em breve. Te desejo toda a sorte do mundo. Mas como há grandes chances do roteiro que te entregarem ser uma porcaria, acredito que não há como operar um milagre, infelizmente.

Então se cuide. Se possível, peça as contas do programa e não retorne na próxima temporada. Quero ver você fazendo coisas melhores. E caso aceite renovar o contrato, pode pedir um salário bem gordo. Apesar do canal pequeno e da audiência tímida que vocês têm nos EUA, Smallville é um grande sucesso ao redor do mundo, incluindo aqui no Brasil. Sabe como é, país subdesenvolvido tem memória curta. Não percebem que estão assistindo uma versão (mal) reciclada das temporadas anteriores…

Atenciosamente,

Juliano

*PS: não vamos nem falar da Lana, OK?

Read Full Post »

Tirado daqui:

“Attention Smallville fans: This news might make you feel like you have butterflies made out of Kryptonite in your stomach, so read at your own risk.

Inside sources tell me exclusively that one of the main four castmembers—Tom Welling, Michael Rosenbaum, Allison Mack or Kristin Kreuk—will be killed off before the season ends.

Although all of these castmembers are under contract for one more season (they initially signed seven-year deals), producers have decided to have one of their characters meet an untimely end, in a shocking plot twist.

Naming exactly who is going six feet under would ruin the viewer experience (and probably prevent me from cozying up to any CW cuties at future C-Dub events) so I’ll simply tell you this regarding the soon-to-be-deceased character’s identity: It is someone who is most definitely a fan favorite. And I think you’re gonna freak.”

Não precisa pensar muito pra deduzir quem será o premiado. Virou palhaçada.

Read Full Post »

– Absolutamente sensacional a trilha do episódio de My Name is Earl dessa semana. E o episódio também foi ótimo. Será que o Emmy vai esnobar Ethan Suplee e Jason Lee novamente?

– Essa semana não teve The Office. Mas semana que vem tem episódio de Natal duplo. Êêêêê…

– Lostzilla em Smallville? Hmmmm. Mas Allison Mack continua assustadoramente linda.

– Quem também teve episódio de Natal foi Studio 60. Os relacionamentos amorosos dos personagens talvez estejam indo rápido demais. Se bem que, na verdade, em West Wing é que eles eram lentos demais. 146 episódios pro Josh beijar a Donna?

– Episódio não-tão-excepcional assim de Battlestar Galactica. O maior erro foi centrar numa personagem que ninguém se importa muito. E num universo ideal (sorkiniano?) a série teria umas 3.896 indicações no próximo Emmy.

– Alec Baldwin = Deus.

Read Full Post »

– Poucas coisas são tão lindas quanto o sorriso de Allison Mack. Ponto.

– Notícias ruins pra quem gosta de Heroes. Tenho a impressão de que toda a primeira temporada será um grande primeiro ato. Ela servirá pra apresentar bem os personagens e situações, etc. Já passamos de um terço dos episódios e o quebra-pau parece bem distante. E a Google-girl é uma gracinha.

– Scofield chorando no confessionário? Hmmmmmmmmmmmmm. Mas o resto do episódio foi bom. Vamos ver se nessa reta final de fall season a coisa engrena de vez para Prison Break.

– Altas emoções no episódio dessa semana de Dexter. Com direito a revelação da identidade do suposto Ice Truck Killer. Hall é nada menos do que fantástico. Temos um provével vencedor de Globo de Ouro.

– Comecei a ver Sports Night. Que coisa boa aquilo! Aaron Sorkin é ídolo.

Read Full Post »

– Dança. Lésbica. Obrigado por tudo, Rob Thomas.

– E não é que a segunda temporada de My Name is Earl finalmente decolou? Depois de uma estréia mais ou menos (que empalidace ainda mais quando comparada com a premiere de The Office, que foi brilhante), a série achou o rumo. Os dois episódios seguintes estão entre os melhores do programa. E ainda introduziram continuidade. Good, very good.

– Quem quiser ler minha Spoiler Zone sobre a premiere de Smallville, clique aqui. E eu vou fazer um texto sobre Lost também, mas assistirei pelo menos mais um episódio antes de escrever.

– O terceiro episódio de Heroes foi dirigido por Greg Beeman e escrito por Jeph Loeb. Ambos já trabalharam em Smallville. E foi com um sorriso no rosto que eu vi um menino vestindo uma capa vermelha na cena onde um dos protagonistas está tentando voar, bem como o salvamento com “tempo congelado” feito por Hiro, o japa mais legal da TV gringa. Seria coincidência? Nãããã…

Read Full Post »

Bloopers

Erros de Gravação de House:

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=FIgYN6ZoJNM”>

Erros de Gravação de Veronica Mars:

Erros de Gravação de Smallville:

Read Full Post »

Older Posts »