Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘The Closer’ Category

Datas

24_poster1

07/01 – Friday Night Lights
08/01 – 30 Rock
11/01 – 24 Horas (nova temporada)
12/01 – The Big Bang Theory
12/01 – How I Met Your Mother
14/01 – The New Adventures of Old Christine
15/01 – The Office
16/01 – Battlestar Galactica (nova temporada)
21/01 – Lost (nova temporada)
26/01 – The Closer
02/02 – Chuck
13/02 – Dollhouse (nova série)

Anúncios

Read Full Post »

closer

Atenção você, votante do Jerry:

Estou aqui para falar de uma série muito especial, um dos melhores dramas atualmente exibidos na TV. Trata-se de The Closer. Pra quem não sabe, a série mostra as atividades da Divisão de Homicídios Prioritários da Polícia de Los Angeles. O ‘Prioritário’ é um termo bem amplo, já que a equipe trata desde assassinatos de famosos até homicídios múltiplos ou estupros seguidos de assassinato.

E aí você pergunta, o que uma série dessas tem de tão especial? Num primeiro olhar, não parece um programa muito inventivo, já que segue uma fórmula aparentemente rígida: investigação da cena do crime, depoimentos de testemunhas e suspeitos, e a confissão do culpado obtida pela protagonista (ela é a ‘fechadora de casos’ do título da série). O primeiro grande destaque obviamente é Kyra Sedgwick, indicada a inúmeros prêmios. Com seu sotaque sulista delicioso (antes de sotaques sulistas virarem moda na TV), ela sempre consegue arrancar a confissão dos malfeitores (a expressão de surpresa dos colegas dela no primeiro episódio, apesar de exagerada, dá a entender o quão boa ela é em seu trabalho). Chocolatra de carterinha, ela nos diverte, nos emociona e todo aquele blá-blá-blá que atrizes completas como ela são capazes de fazer. (mais…)

Read Full Post »

Provenza Rulez!

O grande evento televisivo da semana foi a exibição do episódio Dial M for Provenza de The Closer. Com um título desses, o programa em si nem precisava ser grande coisa. Mas ele é.

Dial M é o extremo oposto de Cherry Bomb, exibido duas semanas atrás. Se lá tudo era muito pesado, aqui a comédia rola solta. É facilmente o episódio mais engraçado de toda a série. A trama é parecida com Dumb Luck, da temporada passada: dondoca cansada do casamento quer ver o marido assassinado, mas as coisas não ocorrem exatamente como o previsto. Mas naquele eu achei o humor bem forçado, praticamente sem graça. Aqui, tudo funciona. O timing de todo mundo estava impecável. Digamos assim, quem não votar em The Closer pra melhor elenco no próximo Jerry é a mulher do padre. (mais…)

Read Full Post »

Thank You

ggcloser.jpg

O que separa The Closer de outras séries do gênero é que aqui não há soluções mirabolantes. O que vale é o princípio na Navalha de Occam: a solução é quase sempre a mais simples de todas. Ou seja, na maioria das vezes, o assassino é o mordomo, assim como na vida real. Isso acaba por adicionar uma camada extra de realismo nas histórias.

Não é só isso que torna The Closer tão natural. O próprio elenco evita chamar a atenção pra si mesmo. Até mesmo a incensada Kyra Sedgwick tem uma atuação bem menos explosiva do que poderia se imaginar para uma atriz tão premiada. Tá, ela tem um indefectível sotaque sulista, mas é bem menos indiscreto do que o de um Sawyer ou um Eric Tayler, pra citar dois exemplos. E claro, ela é uma interrogadora brilhante, o que acaba por aproximá-la de outros kickasses dos programas investigativos como Gil Grisson e Gregory House.

Voltando ao realismo do primeiro parágrafo, ele acaba por fazer com que a série transcenda as próprias intenções. Os episódios acabam se tornando contos certeiros sobre a crueldade humana. Em Fantasy Date, não há como não ficar perplexo depois de ver que alguém pode ser tão filhodaputa. E o show seguinte, You Are Here, consegue proeza ainda maior: o vilão do episódio é a pessoa que morre no começo. Ou pelo menos foi isso que eu entendi.

Ah sim, evite assistir se você está se sentindo triste. As poucas piadas espalhadas pelos roteiros não vão fazer você se sentir menos depressivo.

Read Full Post »